Empresário suspeito de abuso sexual contra crianças na Zona Oeste do Rio está foragido

Segundo as investigações, David Marcony Franco Nascimento dava remédios para adormecer as vítimas, que têm entre 7 e 14 anos. Defesa nega as denúncias.

A polícia do Rio está a procura de um empresário suspeito de estuprar seis crianças em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. De acordo com informações da 17ª DP (São Cristóvão), a mãe de parte das vítimas – que têm idades de 7, 10 e 12 anos – relatou a situação no início do mês de junho, quando começaram as investigações.

David Marcony Franco Nascimento, que teve prisão temporária decretada e está foragido, também teria abusado dos primos das vítimas, com idades de 10, 11 e 14 anos, segundo a Polícia Civil.

A mãe das vítimas explicou na delegacia que, após se separar do pai das crianças, David, que é filho de consideração da avó dos menores, a convidou para morar na casa dele.

Ela viveu na residência do empresário de novembro de 2018 a março de 2019, após se desentender com David e voltar a morar na casa da mãe, na Mangueira, Zona Norte do Rio.

Os filhos, segundo ela, permaneceram morando com David e com a avó, que havia transferido as crianças para uma escola particular e passou a sustentá-las.

Ainda segundo as investigações, na casa do empresário havia diversos quartos e piscina, o que atraía os primos das vítimas para a residência. Apesar da quantidade de aposentos, a polícia informou que as crianças dormiam no quarto do empresário, que dava um remédio para que elas dormissem.