ComissA?o rejeita proposta de reforma trabalhista no Senado

RelatA?rio foi rejeitado por 10 votos a 9 na ComissA?o de Assuntos Sociais; apesar do revA�s, texto que torna acordo entre patrA?o e funcionA?rio mais importante que a legislaA�A?o trabalhista seguirA? tramitando no Senado

RelatA?rio da reforma trabalhista foi rejeitado pela CAS do Senado; resultado surpreende governoMarcos Oliveira/ AgA?ncia Senado

RelatA?rio da reforma trabalhista foi rejeitado pela CAS do Senado; resultado surpreende governo

A proposta de reforma trabalhista A�defendida pelo governo Michel Temer foi rejeitada nesta terA�a-feira (20) pela ComissA?o de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. Os integrantes do colegiado reprovaram, por 10 votos a 9, o relatA?rio elaborado pelo senador Ricardo FerraA�o (PMDB-ES).

Apesar da rejeiA�A?o, a reforma trabalhista continuarA? tramitando no Senado e o texto deve ser lido nesta quarta-feira (21) na ComissA?o de ConstituiA�A?o e JustiA�a (CCJ), conforme combinado pelos lA�deres dos partidos no inA�cio do mA?s

A CCJ consiste na terceira e derradeira etapa antes de o texto ir ao plenA?rio, o que poderA? ocorrer a partir do dia 28 deste mA?s,A�segundo o cronogramaA�anunciado pelo lA�der do governo no Senado, senador Romero JucA? (PMDB-RR). Antes de ser rejeitado pela CAS, o relatA?rio da reforma havia sido aprovado pelaA�ComissA?o de Assuntos EconA?micos (CAE).

O texto mantA�mA�aA�essA?ncia da proposta anteriormente aprovada pela CA?mara dos Deputados. Entre as mudanA�asA�sugeridas pela proposta estA? a determinaA�A?o de que aquilo que for combinado entre o empregador e o funcionA?rio prevalecerA? sobre a LegislaA�A?o trabalhista.

A redaA�A?oA�tambA�m retira a obrigatoriedade do pagamento da contribuiA�A?o sindical e cria a possibilidade de o trabalhador dividir suas fA�rias em atA� trA?s perA�odos ao longo do ano.

Senadores Romero JucA?, Lindbergh Farias e Renan Calheiros na comissA?o que trata da reforma trabalhistaMarcos Oliveira/AgA?ncia Senado

Senadores Romero JucA?, Lindbergh Farias e Renan Calheiros na comissA?o que trata da reforma trabalhista

Apesar de nA?o prejudicar a tramitaA�A?o do projeto no Senado, o resultado da votaA�A?o de hoje na CAS do Senado configura uma derrota inesperada para o governo de Temer, que vA? nas mudanA�as nas regras trabalhistas uma de suas principais estratA�gias para A�recuperar a economia do PaA�s.

Os senadores que compA�em a oposiA�A?o ao governo Temer, liderados pelos petistas Paulo Paim (RS) e Lindbergh Farias (RJ) comemoraram efusivamente a rejeiA�A?o da reforma trabalhistaA�logo apA?s a votaA�A?o na CAS. A votaA�A?o foi presidida pela senadora Marta Suplicy (PMDB-SP).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Netmania
Pediu
itaunas
Oliveiratur
Agroveterinaria
Armas
Multivix
Acosta