‘Vi uma pessoa do lado direito do helicóptero pulando’, diz mulher que presenciou acidente de Boechat

A mulher acredita que o jornalista teria sobrevivido, porque ainda teria erguido o braço quando estava no chão

Uma mulher que presenciou o momento da queda do helicóptero onde estava o jornalista Ricardo Boechat, na tarde de segunda-feira (11), em São Paulo, contou detalhes de como aconteceu o acidente.

Além do jornalista, Ronaldo Quattrucci, que pilotava a aeronave, também morreu. Segundo a testemunha, que estava na garupa da motocicleta do marido, parecia que o helicóptero iria pousar. “O helicóptero vinha reto, todo bonitinho, parecia que ia pousar mesmo”, afirmou a mulher à RecordTV.

“Eu vi uma pessoa do lado direito do helicóptero, quando já estava prestes a pousar, pulando. Foi na hora que a carreta veio, chocou com helicóptero, que rodou e despedaçou. Foi nessa hora que caiu em cima da pessoa que pulou”, diz a testemunha.

A mulher acredita que o jornalista teria sobrevivido, porque ainda teria erguido o braço quando estava no chão. No entanto, o pedaço do helicóptero em chamas caiu em cima dele, o que o teria matado.

Boechat e o Quattrucci viajavam de Campinas, a cerca de 100 km de São Paulo, onde o jornalista havia participado de uma palestra, e tinha como destino o heliponto da TV Bandeirantes, na região do Morumbi, zona sul da capital. No entanto, o piloto tentou pousar na rodovia Anhanguera, embaixo do Rodoanel, e acabou chocando com o caminhão. A Polícia Civil investiga o que teria acontecido com a aeronave para fazer o pouso na rodovia.

Com informações do Portal R7.

FONTE:FOLHA VITÓRIA