PSDB arquiva pedidos de expulsão de Aécio Neves

Reunião do PSDB ocorreu em meio à pressão interna para saída do deputado.

A Executiva Nacional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) decidiu, nesta quarta-feira (21), arquivar dois pedidos de expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG).

A reunião aconteceu em meio ao aumento da pressão interna para que Aécio, réu por corrupção e obstrução de Justiça, fosse afastado da legenda.

O parlamentar é acusado de receber propina no valor de R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, do grupo J&F. Aécio nega as acusações.

Em mensagem na rede social Twitter, o governador de São Paulo, João Doria, lamentou a decisão, afirmando que o partido “escolheu o lado errado”.

Fonte: Renova