Prefeito de Barra de São Francisco corta gratificação de servidores mas exige na justiça as suas

Desde que assumiu o comando do município em 2017, o prefeito municipal de Barra de São Francisco vem tomando medidas que não corresponde ao que o município de Barra de São Francisco esperava, em suas promessas de Campanha e seu programa de governo.

Desde que assumiu, o prefeito Alencar Marin do PT,prefeito de Barra de São Francisco acabou com o Projeto AABB Comunidade que atendia mais de 350 crianças carentes, fechou escolas, acabou com a advogacia que continha 08 advogados que atendia as pessoas carentes, não reabriu o Marmitão que atendia várias pessoas com uma comida por um precinho em conta, tomou medidas e acabou com médicos no Pavilhão(Hoje a saúde de Barra de São Francisco está doente), não atende a população carente do município além de cortar vantagens adquiridas por Lei do funcionalismo público municipal.

Porém quando se trata do salário dele(salário do prefeito Alencar Marin), ele não deixa “barato” e até entra contra o município, tendo como advogado Raone da Silva Furlan, exigindo que o município pague incorporação aos vencimentos de acréscimo percentual, bem como o pagamento dos valores referentes à gratificação em questão  desde a data do requerimento administrativo formulado após a implementação dos respectivos legais, descontadas as contribuições previdenciárias devidas. Além de que, exige que o município, onde o mesmo é atual prefeito(Alencar Marin) que seja pagos com juros aplicados à caderneta de poupança a partir da data da citação.

O prefeito está exigindo que o município de Barra de São Francisco faça o pagamento até 25 de março de 2015, exigindo ainda que a correção monetária deve observar o índice de remuneração básica da caderneta de poupança, a partir de quando deve ser utilizado o índice de preços do consumidor.Será que é esta a administração que Barra de São Francisco queria e acreditou?????

Tá vendo aí amigo leitor…É essa a mudança pregada pelo PT?

Enquanto motoristas da Saúde de Barra de São Francisco tiveram suas diárias cortadas e tendo que viajar com dinheiro do próprio bolso para conduzir pessoas para cuidar de suas saúde, o prefeito aparece com esta surpresa desagradável…E você professor não vai lutar pelos seus direitos? Estagiários tiveram redução nos seus salários, aliás os estagiários estão trabalhando como “cuidador” e merecem ser valorizados.

Acorda gente, vão continuar parado no tempo, vendo tudo acontecer e ninguém faz nada???

O prefeito sempre diz que o município está em crise, que não tem dinheiro para isso ou para aquilo, mais tem dinheiro quando se trata para colocar no bolso dele e agora essa notícia vergonhosa que temos por obrigação de divulgar, pois não podemos fechar os olhos e fingir de surdos mudos…tá tudo acontecendo na nossa frente e está na hora da população começar a cobrar.

É por este motivo e outros mais que o prefeito de Barra de São Francisco tenta de todas as formas jogar a população contra os sete vereadores que não concordam com injustiça contra a população francisquense.

Se o município está em crise e não tem dinheiro, os menos favorecidos que se lascam, agora este administrador do município passou do limite, comprovando que o que importa é o bolso dele o resto…a gente vai empurrando com a barriga.

Será que é essa a administração que a população esperava deste prefeito do PT??

COMPARTILHAR