‘Não salvei nada, nem um chinelo’, lamenta morador que teve casa queimada em incêndio no Bairro da Penha

O vendedor de frutas, Douglas Gomes, de 32 anos, voltava do trabalho no final da tarde de quarta-feira quando se deparou com o incêndio em sua casa

Na manhã desta quinta-feira (11), restavam apenas cinzas das casas que foram completamente destruídas após um incêndio, no Bairro da Penha, em Vitória.

Nas primeiras horas desta manhã, o dono de uma das casas esteve no local para ver o que restou de sua antiga residência. O vendedor de frutas, Douglas Gomes, de 32 anos, se emocionou ao relatar os momentos de aflição que viveu na noite anterior. Ele voltava do trabalho no final da tarde de quarta-feira (10) quando se deparou com o incêndio.

“É difícil, uma coisa inesperada. Não teve como salvar nada, eu acabei me queimando um pouco porque o fogo estava muito alto. Mas Deus vai me dar em dobro”, desabafou Douglas.

O incêndio começou por volta das 16h40 após uma moradora colocar fogo em um lixo que estava em um lote baldio. Os moradores saíram rapidamente quando perceberam o fogo se alastrando.

O Corpo de Bombeiros teve dificuldades para chegar ao local e os próprios moradores combateram as chamas com baldes d’água. Quando os Bombeiros chegaram ao local, o incêndio já estava controlado.

Douglas e outras famílias tiveram todos seus pertences destruídos pelo fogo. “Não salvei nada, nem um chinelo. Eu quase me queimei todo. Mas graças a Deus, Ele segurou minha vida”, lamenta o vendedor.

O Corpo de Bombeiros e a perícia da Polícia Civil investigam o caso. Ainda nesta quinta-feira equipes farão uma nova análise no local.

*com informações da repórter Fernanda Batista da TV Vitória / Record TV

FONTE: FOLHA VITÓRIA