MA�dico condenado por pedofilia a 114 anos de prisA?o pede absolviA�A?o

EugA?nio Chipkevitch foi julgado por abusar sexualmente de pacientes com idades entre oito e 13 anos e gravar com uma cA?mera o ato sexual com elas

O mA�dico pediatraA�EugA?nio Chipkevitch, condenado a 114 anos de prisA?oA�em um dos maiores escandA?los de pedofilia do Brasil, pediu revisA?o do caso ao Tribunal de JustiA�a de SA?o Paulo.

Chipkevitch foi julgado em 2004 por abusar sexualmente de pacientes com idades entre oito e 13 anos. Ele dopava as crianA�as e gravava com uma cA?mera o ato sexual com elas. As imagens foram fundamentais para que a polA�cia o indiciasse por pedofilia.

Segundo documento obtido com exclusividade peloA�R7, os advogados deA�Chipkevitch pedem sua absolviA�A?o por cerceamento da defesa, alegando que nA?o puderam ter acesso A�s fitas de vA�deo apresentadas como provas. A Procuradoria Geral de JustiA�a manifestou parecer contrA?rio ao pedido dos advogados.

O mA�dico jA? havia tentado obter um habeas corpus, instrumento jurA�dico que permitira responder aos crimes em liberdade, no STF (Supremo Tribunal Federal) em 2013.A� Os advogados usaram os mesmos argumentos (cerceamento da defesa) ao dizer que nA?o tiveram acesso A�s fitas de vA�deo que serviram como prova no processo. Na A�poca a relatora do caso foi a ministra CarmA�n LA?cia, que negou o pedido e foi seguida por unanimidade pela Segunda Turma do STF.

OA�R7A�tentou contato com por telefone com os advogados deA�EugA?nio Chipkevitch por diversas vezes entre 19h00 e 20h30 desta terA�a-feira(6), mas nA?o obteve retorno.

Chipkevitch estA? preso na PenitenciA?ria de Sorocaba, no interior de SA?o Paulo.

Fonte: R7

COMPARTILHAR