Homem é agredido e leva quatro tiros após beijar companheiro

Os disparos atingiram o baço, o fígado e os rins

Um homem de 33 anos foi agredido e levou quatro tiros depois de beijar o companheiro em um bar da cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, na noite de domingo (20).

O caso está sendo investigado como suposto crime de homofobia.

Segundo a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia, o jovem identificado como Marcelo Macedo estava em um estabelecimento quando ao beijar o companheiro um indivíduo não identificado se aproximou e fez comentários homofóbicos.

Houve discussão e em seguida o homem sacou uma arma e disparou contra a vítima.

Em entrevista a Globo, a delegada que investiga o caso, Thais Siqueira, disse que conversou com Macedo e ele confirmou que a motivação do crime foi pela sua condição sexual.

Segundo a vítima, no momento da discussão ele foi agredido por várias pessoas e caiu no chão. Ao se levantar levou quatro tiros. Os disparos atingiram um de seus braços e o abdômen.

Macedo foi socorrido e está internado no Hospital Geral de Camaçari. De acordo com a delegada, ele passou por uma cirurgia e está fora de perigo. Os disparos atingiram o baço, o fígado e os rins.

Nas redes sociais, um amigo relatou o caso e postou uma foto de Macedo no hospital.

No dia 13 de junho, o STF (Supremo Tribunal Federal) concluiu o julgamento que enquadrou a homofobia e a transfobia na lei dos crimes de racismo. O Congresso Nacional ainda deve aprovar uma legislação sobre o tema.

Fonte: Tribuna Online