Ex-presidente do Paraguai tem prisão decretada pela Justiça do Rio

Horácio Cartes é investigado por corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa

O ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes teve a prisão preventiva decretada pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. A determinação da Justiça veio após os desdobramentos da Operação Patrón, deflagrada pela Lava Jato. Horácio é investigado por corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa.

O ex-presidente tem envolvimento com o esquema o doleiro Dario Messer, preso em julho deste ano, pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, na Operação Câmbio, Desligo.

Além de Horácio, agentes da polícia federal fazem, nesta terça-feira, a operação para prender o ex-presidente e outros 19 investigados, de acordo com o Ministério Público Federal. Ainda segundo a MPF, a Justiça considerou que a prisão de Cartes é necessária devido a “graves riscos para a ordem pública, pela contemporaneidade e gravidade dos crimes investigados e por ser a única forma para irromper os crimes de lavagem de dinheiro já comprovados”.

Fonte: Tupi.fm