Delegado flagra professor de sociologia e universitária vendendo drogas na Praia do Canto

O professor de sociologia estava acompanhado de uma universitária e de um gesseiro. Delegado estava de folga

Três pessoas foram flagradas traficando drogas na Praia do Canto, em Vitória. O delegado Lorenzo Pazolini, da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), passava pela região na noite da última terça-feira (4), quando percebeu uma atitude estranha. Um motociclista encostou em um carro branco, que tinha três pessoas, pegou uma sacola e em troca deu dinheiro.

Desconfiado, o delegado abordou os três e os suspeitos confessaram que o que tinha dentro da sacola era droga. Entre os ocupantes, estava o professor de sociologia, identificado como Luciano Max de Souza Peixoto Duarte, de 30 anos, o gesseiro Carlos Eduardo Andrich, de 40 anos, e uma universitária, que não foi identificada.

Ao todo, foram 20 buchas de maconha de tamanhos variados e uma haxixe. Eles disseram que tinham o costume de ficar na região para entregar drogas aos clientes. Diante dos fatos, o delegado acionou a polícia militar.

Com a chegada da viatura, os três foram conduzidos para a Delegacia Regional de Vitória. Eles prestaram depoimento, mas apenas dois foram autuados. Segundo a polícia, os dois homens foram autuados por tráfico de drogas e encaminhados ao presídio. Já a jovem que estava com eles, foi ouvida e liberada.

Durante a tarde desta quarta-feira (5) Carlos e Luciano passaram por audiência de custódia, no Centro de Triagem de Viana. A justiça converteu as prisões em flagrante em preventivas com validade até 2038.

FONTE: FOLHA VITÓRIA

COMPARTILHAR