Bruno Henrique coloca o Fla perto da semifinal da Libertadores

Durante 75 minutos, funcionou a estratégia do Internacional de segurar o empate com o Flamengo no Maracanã, no Rio, nesta quarta-feira (21).

Até que Bruno Henrique apareceu duas vezes para definir o triunfo por 2 a 0 do time rubro-negro, que deu passo muito importante rumo às semifinais da Libertadores.

Fora dessa fase da competição desde 1984, o Fla construiu boa vantagem no confronto contra a equipe colorada. No jogo de volta, na quarta-feira (28), no Beira-Rio, o Fla pode até perder por um gol de diferença que ainda assim avança para enfrentar Palmeiras ou Grêmio na fase seguinte.

Na tensa primeira partida, cheia de discussões entre os jogadores, valeu a disposição do Flamengo em buscar o resultado contra um Inter fechado. A entrada de Gerson no segundo tempo acabou importante para que o time da casa fosse premiado com o triunfo.

Convocado por Tite para a Seleção Brasileira na semana passada, Bruno Henrique brilhou sob os olhos do treinador, que estava no Maracanã. O atacante de 28 anos comprovou sua excelente fase, foi à rede em duas ocasiões e ainda deixou Gabigol sem goleiro em uma terceira oportunidade que o camisa 9 desperdiçou.

“Sair aplaudido pela nação não é para qualquer um. Tive esse privilégio. Obrigado à nação por todo carinho desde a minha chegada”, comemorou o camisa 27.

Flamengo 2 x 0 Inter

Estádio: Maracanã

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Cuéllar, Willian Arão, Arrascaeta (Gerson), Éverton Ribeiro (Berrío) e Bruno Henrique (Piris da Motta); Gabigol. Técnico: Jorge Jesus

Inter: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson (Guilherme Parede), Patrick, D’Alessandro (Nico López); Sobis (Wellington Silva) e Guerrero. Técnico: Odair Hellmann

Gols: segundo tempo — Bruno Henrique, aos 29 e aos 33 minutos

Juiz: Roberto Tobar (CHI)

Renda: R$ 4.758.998,75

Público: 60.797 pagantes (66.366 presentes)

Fonte: Tribuna Online