Após áudio comprovando troca de votos por exame o silêncio toma conta

Administração público da prefeitura de Barra de São Francisco cala, após áudio vazar e a população está sem saber se o secretário de saúde cai ou não cai.

Pelas ruas da cidade, bares e rodas de conversa, o assunto é o mais comentado.

Segundo um funcionário da Saúde, uma das preocupações é que Zulagar caia atirando”.

Vai depender da quantidade de munição que ele tem, mas se cair atirando, faz um estrago”, disse ao reporternet, referindo-se ao fato de que, caso seja demitido, Zulagar poderia revelar mais informações sobre o suposto esquema de favorecimento de vereadores na marcação de exames.

O áudio que vazou nesta terça-feira (14), em que o Secretário Municipal de Saúde de Barra de São Francisco, Zulagar Dias Ferreira, revela um suposto esquema na marcação de exames no Pavilhão da Saúde, causou um verdadeiro apagão na administração municipal.

OUÇA O ÁUDIO

 

A quarta-feira (15), um dia após o denunciante protocolar a denúncia no MP, aconteceram diversas reuniões.

Mesmo após horas de reunião do secretário com o prefeito Alencar Marim, nada foi divulgado.

Alguns políticos de Barra de São Francisco desapareceram das redes sociais.

Apesar de Zulagar não citar nome dos três vereadores que ele afirma ter acordo com o prefeito Alencar Marim, funcionários da Saúde já revelaram quem esteve em uma reunião de portas fechadas com o secretário. Os nomes aparecem também em uma planilha entregue ao Ministério Público. 

Nesta quinta-feira (16), é provável que a administração emita uma nota oficial sobre o ocorrido.